sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

O Ego e o Odù





Eu sou o melhor

Ninguém é como eu.

Eu sou o melhor de todos.

Eu odeio pedir desculpas as pessoas.

Meu argumento sempre ganha

Eu não gosto do absurdo.

Eu quero ter tudo

Qualquer coisa que eu digo é definitiva.



Ego é formado por apenas três letras, que dão a pessoa uma má impressão e as confundem sobre quem elas realmente são e o que os outros pensam dela.

É um ato que devemos erradicar, você somente sabe o que você sabe, o que você não sabe, com certeza você não sabe!



Seja humilde

Ame a todos

Peça desculpas, mesmo que você esteja certo

Dê, quando você tiver

Você receberá, quando não tiver.

Seja feliz / contente.

Nunca guarde rancor contra uma pessoa

Em vez de discutir, argumente

Ouça o que os outros tem a dizer

Apenas dê sugestão, não de ordens.



Com estes gestos, você terá paz de espirito para o resto de sua vida.





O Odù Òbàrà mèjì ilustra o texto acima:



Òbàrà é a transformação interna que ocorre em consequência do ego que é temperado pela humildade.

Egoismo doentio está frequentemente enraizado na emoção incontrolada centrada na autogratificação.

Em Òbàrà o equilíbrio entre a cabeça e o coração ocorre como um ato de vontade e intelecto guiando a pessoa a transceder a repetição de padrões ineficazes, antigos, da autodefesa e da conduta autodestrutiva.

Alguns destes padrões possuem bases ancestrais (disfunção familiar) e toca a forma de maldição.

Desta maneira o indivíduo identifica o Eu com a conduta destrutiva.

Este padrão de conduta usualmente requer uma intervenção da comunidade.



Òbàrà



Quer dizer força, ou espírito da força.

A manifestação negativa da força é o desejo em forçar a vontade pessoal nas outras pessoas.

Ifá ensina que manifestação imprópria da vontade pessoal é a base do egoísmo.

Como uma regra de consciência, egoísmo está baseado em uma sensação de Ego inflada.

É o oposto da humildade, que está baseado na vontade de considerar as opiniões de outros.

Todo o egoísmo deve, em algum ponto, encarar a realidade (o indivíduo não é o centro do universo).

Esta confrontação pode conduzir ao crescimento ou a autodestruição.

O Ser Humano nunca pode ficar mais forte que as Forças de Natureza que criou a consciência humana.

Entender este princípio é a fundamento do conceito de Ifá de bom caráter. 

Frase chave: Òbàrà cria a transformação interna.



Òbàrà em sua manifestação negativa (ìbì) é o desejo de impor nossa vontade aos outros, a fundação do egoísmo. O egoísmo é um senso inflado de vida, o oposto da humildade. O confronto com o ego, a percepção de que não somos o centro do universo, pode levar ao crescimento (transformação) ou auto destruição. O ser humano não pode se tornar mais forte do que aquele que criou a consciência humana.

Este princípio é a base de Iwà Pelé (bom caráter).



Texto de: Ifangelist_Ifagbenusola




www.efunlase.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Culto Tradicional Yorùbá, vem resgatar nossa cultura milenar, guardada na cabaça do tempo.