quinta-feira, 4 de junho de 2015

Ìròsùn mèjì



Onde nós vemos quatro antigas divindades
Bem, Òrìşà diz que há uma criança
Òrìşà diz que essa pessoa
A pessoa para que nós jogamos, quatro divindades
Òrìşà diz que nós devemos perguntar à elas se tem uma criança
Que é um Àbíkú e que continua morrendo.
Òrìşà diz que eles não sabem seu nome direito
Então ele continua morrendo como um Àbíkú
Você vê o caminho que Òrìşà diz que é assim?
"Ega p'oko l'eri fẹsẹ kan osì bo ‘do"
Ele foi aquele que jogou para o Arco Íris
Que era a criança do proprietário do mercado de óleo
Lá estava Arco Íris
Eles não sabiam seu nome
Quando ele nasceu
Era ele que iria morrer
Os Babalawo que o examinaram
Eles disseram:
"Ha! Se esta criança nasceu deve voltar".
Ele será: "Veja o Mundo".
E ele nasceu
Eles disseram que a mãe de Arco Íris devia oferecer um sacrifício
Ela disse: Quando uma mãe tem uma criança.
O que esta criança irá pegar dela?
Ela não ofereceu o sacrifício
Então, uma faixa vermelha e preta
Era o que eles disseram que ela devia oferecer como um sacrifício
A mãe de "Veja o Mundo"
Ela não ofereceu uma faixa vermelha e preta
A mãe de Arco Íris não ofereceu o sacrifício
A mãe de "Veja o Mundo" era aquela que estava dançando
Ela estava alegrando-se
Ela estava louvando os Babalawo
E os Babalawo estavam louvando Òrìșà
Aqueles Babalawo falaram a verdade
"Ega p'oko l'eri fẹsẹ kan osì bo ‘do"
Jogou para "Veja o Mundo"
Que veio do Céu para a Terra
Você não sabe que o dia em que o Arco Íris vem para a terra
É aquele em que ele retorna para o céu?
Òrìşà diz que nós devemos oferecer um sacrifício
Por um Àbíkú
Como Òrìşà disse
Onde nós vemos quatro antigas divindades
Vemos Ìròsùn.

Epá Odù. Epá òrìsà.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Culto Tradicional Yorùbá, vem resgatar nossa cultura milenar, guardada na cabaça do tempo.