quinta-feira, 16 de abril de 2015

Èjì Ogbè II



Ifa diz que onde quer que este Odù seja revelado durante uma cerimônia ou iniciação ou de nomeação, recordatório, casamento, inauguração de uma casa, funeral, liderança, aniversários e etc., nada deve ser sacrificado nesta ocasião. Nenhuma ave deve ser morta, nenhum animal deve ser morto onde este Odù é revelado. Se o entretenimento envolve muitas pessoas, então deve se usar peixe para o consumo. Como uma alternativa, os animais mortos podem ser comprados de um mercado ou matadouro e levados para casa para cozinhar. Um restaurante pode ser contratado para preparar toda a comida para a ocasião.
A razão pela qual isso é importante é que Ifa diz que muitos espíritos malignos estão se mantendo no ar em torno de onde este Odu é revelado.
Esses espíritos gostam de consumir sangue. Se algum sangue é visto na área, esses espíritos vão consumir sangue. No momento em que provam o sangue, eles vão exigir mais sangue e eles simplesmente vão consumir sangue humano. Isso pode resultar em acidentes evitáveis ou outros desastres onde o sangue humano é derramado desnecessariamente.
Se este Odu é revelado para esta cerimônia, Ifa aconselha os envolvidos a preparar muito inhame amassado e misturado com óleo de palma, no local onde este Odu foi revelado e na rua (local) onde a cerimônia ocorrerá. Se isso for feito, esses espíritos malignos vão consumir o inhame amassado e óleo de palma, eles estarão mais interessados em consumir inhame amassado e não sangue humano.
Sobre isto uma estrofe de Eji Ogbè diz:

O dia amanheceu e eu levei minha bolsa de consulta com todo o seu conteúdo
Cedo pela manhã eu estou com minha bolsa pronta para partir
Ao amanhecer eu carrego minha bolsa com tudo que é necessário
Estas foram as palavras de Ifá para Ọrùnmìlá
Quando ia a uma missão de Ifá na cidade de Isin

Em sua chegada a cidade de Isin, Ọrùnmìlá encontrou os cidadãos da cidade segurando uma enorme cabra no caminho da casa de um proeminente Áwo.
Para onde vocês estão indo?
Ọrùnmìlá perguntou.
Nos foi dito que deveríamos servir Ifá com esta cabra para aliviar o sofrimento desta cidade.
Não! 
Ọrùnmìlá gritou.
Vocês não devem fazer isso. Se vocês fizerem assim, somente agravaram o problema com os maus espíritos que vocês estão tentando se esquivar, vocês faram com que eles fiquem cada vez maiores e consumam todos vocês neste processo.
Ọrùnmìlá explicou, mais adiante, que se eles continuarem a derramar sangue, estes espíritos malignos consumiram o sangue e ao mesmo tempo buscariam mais sangue para consumir. Se eles não puderem conseguir sangue, eles começaram a consumir o sangue humano de vocês.
Ọrùnmìlá suplicou para que não matassem a cabra.
Assim foi como nos pediram e nada fará mudar nossa atitude sobre o assunto.
Disseram os cidadãos de Isin. Eles foram direto à casa de seu Áwo e a cabra foi degolada. Eles estavam fazendo troça com Ọrúnmìlá por tentar desvia-los do assunto.
Com a cabra degolada os espíritos malignos consumiram todo o sangue. Todos eles ficaram enlouquecidos querendo mais sangue para consumir. Quando eles não tiverem seu desejo por sangue saciado, eles começaram a consumir mais sangue, agora, dos cidadãos da cidade de Isin. As coisas começaram a ficar pior.
Credores e devedores não se entendiam, mulheres grávidas perdiam a gravidez. Os homens e mulheres mais capazes ficaram sem emprego.
A vida se tornou insuportável em Isin.

O dia amanheceu e eu levei minha bolsa de consulta com todo o seu conteúdo
Cedo pela manhã eu estou com minha bolsa pronta para partir
Ao amanhecer eu carrego minha bolsa com tudo que é necessário
Estas foram as palavras de Ifá para Ọrùnmìlá
Quando ia a uma missão de Ifá na cidade de Ìkijà

Como na cidade de Isin, Ọrùnmìlá encontrou os cidadãos de Ìkijà arrastando uma cabra para a casa do Áwo. Ele perguntou o que iriam fazer com a cabra.
Eles explicaram que eles consultaram Ifá para o bem estar geral e o Áwo havia pedido que trouxessem uma cabra para fazer ebo. Ọrùnmìlá novamente aconselhou a que não matassem a cabra e lhes disse das possíveis consequências se tomassem esta atitude.
Como se aconteceu em Isin se sucedeu na cidade de Ìkijà, os cidadãos levaram a cabra para ser degolada e todos os espíritos malignos começaram a atrapalha-los.
O que se sucedeu nesta cidade foi pior que na cidade de Isin.

O dia amanheceu e eu levei minha bolsa de consulta com todo o seu conteúdo
Cedo pela manhã eu estou com minha bolsa pronta para partir
Ao amanhecer eu carrego minha bolsa com tudo que é necessário
Estas foram as palavras de Ifá para Ọrùnmìlá
Quando ia a uma missão de Ifá na cidade de Otunmoba

Quando Ọrùnmìlá partiu para a cidade de Otunmoba, ele os viu com uma grande cabra na mão, com a qual eles planejavam matar para adquirir coisas boas da vida. Ọrùnmìlá os aconselhou, contando o que tinha acontecido com as cidades de Ìkijà e isin, ele os advertiu das possibilidades de acontecer tais coisas.
O que vamos fazer agora?
Eles perguntaram.
Eu lhes disse para cozinhas 10 grandes panelas de inhame. Quando os inhames estivessem preparados, ele pediu que pilassem e que eles colocassem azeite de palma.
O guisado foi preparado. Ele disse que deveriam polvilhar o guisado por todos os caminhos que levassem à cidade e a seus respectivos passos,
Eles cumpriram.
Quando os espíritos malignos chegaram e viram o que foi preparado, eles se tranquilizaram e se puseram a comer. Despois de consumirem, eles perderam o apetite por sangue. Foi somente inhame pilado e azeite de palma que eles estavam interessados em consumir. Incapazes de encontrar sangue, eles foram embora.
Assim que os espíritos malignos foram embora, os responsáveis pelas coisas boas da vida chegaram à cidade. Eles foram abençoados com boas esposas e filhos.
Seus negócios cresceram e eles estavam felizes.
No ano seguinte, Ọrùnmìlá foi visitar a cidade de Otunmoba. Quando eles o viram eles estavam todos aplaudindo.
O que eu pergunto:
Como está a situação na cidade desde o ano passado?
Tudo tem sido bom para nós; nossas vidas têm sido muito agitadas. Nossos negócios têm crescido bem. Todos estão saudáveis e felizes
Eles responderam.
Eles disseram que não faria nada nesta cidade sem antes preparar o óleo de palma e inhame amassado para apaziguar os espíritos malévolos. Isso é o que eles fazem na cidade de Otunmoba daquele tempo até hoje. Eles começaram a cantar e dançar, dizendo:

Cidadãos de Otunmoba, descendentes daqueles que consomem guisado de inhame para engordar.
Aqui vem Olótun
Habitantes de Otunmoba, descendentes daqueles que consomem guisado de inhame para engordar.

Foi assim que os habitantes de Otunmoba construíram um mundo bom, por escutar um simples conselho de Ọrùnmìlá

O dia amanheceu e eu levei minha bolsa de consulta com todo o seu conteúdo
Cedo pela manhã eu estou com minha bolsa pronta para partir
Ao amanhecer eu carrego minha bolsa com tudo que é necessário
Estas foram as palavras de Ifá para Ọrùnmìlá
Quando ia a uma missão de Ifá na cidade de Isin
A eles foi pedido que fizessem a oferenda apropriada para o ebo
Eles escutaram o conselho com sua orelha esquerda e sua orelha direita
Eles jogaram fora sua orelha esquerda.
O dia amanheceu e eu levei minha bolsa de consulta com todo o seu conteúdo
Cedo pela manhã eu estou com minha bolsa pronta para partir
Ao amanhecer eu carrego minha bolsa com tudo que é necessário
Estas foram as palavras de Ifá para Ọrùnmìlá
Quando ia a uma missão de Ifá na cidade de Ìkijà
Eles escutaram o conselho com sua orelha esquerda e sua orelha direita
Eles jogaram fora sua orelha esquerda.
O dia amanheceu e eu levei minha bolsa de consulta com todo o seu conteúdo
Cedo pela manhã eu estou com minha bolsa pronta para partir
Ao amanhecer eu carrego minha bolsa com tudo que é necessário
Estas foram as palavras de Ifá para Ọrùnmìlá
Quando ia a uma missão de Ifá na cidade de Otunmoba
Ele os aconselhou a fazer o ebo apropriado
Eles cumpriram de acordo com o conselho dados a eles por Ifá
Depois de pouco tempo, logo depois
Todas as coisas boas da vida foram até eles.

Agora, cidadãos de Otunmoba, descendentes daqueles que consomem guisado de inhame e engordam.
Ifá diz que todas as coisas boas da vida viram no caminho desta pessoa, a qual teve este Odù revelado, enquanto ele ou ela puderem escutar um simples conselho sobre o tabu de nunca matar ou degolar um animal durante uma ocasião especial onde ele ou ela estarão envolvidos.

Por Oluwo Popoola
Ifa Dida Book.
Tradução Odé Gbafaomi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Culto Tradicional Yorùbá, vem resgatar nossa cultura milenar, guardada na cabaça do tempo.