segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Áwo Eko Iwá Rere: Ifá e o Código de Ética da Divinação.

Por: Áwo Fatunmbi

 
Ilè Iwá Pèlé sustenta o princípio da ética.
A frase iorubá para a ética é:

"Eko iwá rere".

Que em tradução literal significa:

"Ensinando o bom caráter."

A formação dos sacerdotes de Ifá na África inclui Áwo Eko Iwá Rere, que são as diretrizes éticas para aqueles que trabalham com a adivinhação. Essas diretrizes não são um conjunto de regras, elas são uma expressão das expectativas comuns.
Na cultura iorubá tradicional, existe a forte convicção de que Áwo (adivinho) tem o poder da palavra. Consequentemente, há uma expectativa comum de que eles não vão usar a sua voz para expressar palavrões e/ou linguagem chula.
Há também uma crença coletiva que o poder da palavra é suportado por uma boa saúde e higiene. Por esta razão, o Áwo vai comer e beber com moderação e manter o asseio diariamente.
O bem-estar de um, afeta o bem-estar de toda a comunidade. É por esta razão que o Áwo sempre dará assistência a alguém que está em crise espiritual. Isto é verdadeiro, mesmo que a pessoa seja incapaz de pagar pelos serviços do Áwo. No entanto, há também uma expectativa comum a quem é dado assistência pelo Áwo sem pagamento monetário, ele irá fornecer alguma forma de trabalho quer para o Áwo, quer para sua família. Nós, do Ilè Iwá Pèlé às vezes prestamos serviços em troca de trabalho. A expectativa é que o suplicante irá cumprir os termos do acordo.
Uma dos mais fortes expectativas de um Áwo na cultura iorubá é que o conteúdo da adivinhação permaneça confidencial. Uma violação a esta expectativa seria considerado um assunto muito grave e justificaria uma resolução através de Ògbóni (Conselho de Anciãos).
Essas expectativas não são tão fortes no Ocidente e por isso é quase impossível para um Áwo desenvolver um grande número de seguidores sem a estrita observância dos princípios gerais de: Áwo Eko Iwá Rere.
Essas diretrizes, no entanto, continuam a ser uma medida válida pela sinceridade e competência de quem usa a adivinhação como um método de comunicação com o Òrìsà.

Ire o.

domingo, 23 de dezembro de 2012

Òsetùwá diz:


             


I
I
II
II
I
I
I
II



São oito aqueles que se juntaram para que nossa vida fosse prospera.

Para trazer riqueza as nossas casas.

Para trazer crianças boas as nossas famílias

Para trazer a nossa vida muitas coisas boas.

Porque aquele 'rato' que sai a noite em busca de comida,

Nunca perdeu o caminho de volta.

Ifá permita que nossa sorte fique conosco.

Ifá, não nos faça jogar fora nossa sorte!

O pombo nunca teve o osso da miséria no seu corpo.

Ifá, não nos deixe com o osso da miséria em nosso corpo.

O pombo nunca anda como um ser miserável;

Ifá, não nos deixe andar como um ser miserável.

Um pássaro próspero que chamamos de pombo (Eyelé).

Que o Deus maior nos abençoe.

Para que as coisas boas aconteçam em nossa vida.

Àse.
Que o bom caráter seja a base das boas coisas da vida.
Honestidade, transparência, humildade e atitude positiva podem embasar todo o ire (sorte) do caminho dos adoradores de òrìsà.
Que o fim-de-ano de cada um possa ser um grande momento de reflexão.
Òrúnmìlá gbè wá.