quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Ogbè'Oworin

II     I
II     I
I      I
I      I
Este odu explica porque Ifá é consultado a cada cinco dias.
Que mostra a habilidade de Òrúnmìlá e Esù. em combater a morte.
A fome não se estabelece na cabeça e sim no estomago para que a cabeça tenha espaço para pensar.

Este foi quem consultou Ifá para o dia da perdição da morte, então foi ordenado um sacrifício, que ele fez.
A cada cinco dias a morte costumava visitar o mundo e matava muitas pessoas na juventude. Como conseqüência o mundo ficava num caos e numa anarquia. Ninguém sabia quando chegaria sua vez, as pessoas se comportavam com seus juízos com o desejo de não ter consciência.
Preocupado com o desenrolo do problema, Òrúnmìlá consultou um grupo de Babalawo para que falassem o que deveriam fazer para estabelecer a normalidade da vida na terra.
Os Babalawo disseram para ele ofertar dois obis e oti, de manha bem cedo no dia que a morte viria. Ele também disse para oferecer todo o tipo de comida a Esù. Odara no mesmo dia, e que não saísse de casa este dia. Ele cumpriu o marcado.
Quando a Morte chegou foi diretamente a casa de Òrúnmìlá, mas encontrou Esù. do lado de fora. Esù. falou para a morte se afastar, então ela disse que estava em uma missão na terra.
Esù. pergunta qual é a missão ?
Minha missão é levar Òrúnmìlá e a maioria de seus seguidores!
Esù. disse que sua missão era muito simples porque estava na frente da casa de Òrúnmìlá e seus seguidores eram fáceis de identificar, por seus colares. Esù falou para a Morte comer o que tinha então a Morte sentou e desfrutou do banquete. Depois de desfrutar, a Morte falou que tinha que terminar o trabalho que veio fazer. Esù perguntou a Morte se ela sabia qual era a comida que tinha comido?
A morte respondeu que não sabia então Esù. disse que a comida era de Òrúnmìlá. Então Esù disse que o propósito de provar a comida era de não levar as pessoas jovens quando as tocara.
A Morte que estava impressionada foi entrar na casa de Òrúnmìlá.
Esù a proibiu, não poderia fazer isto depois de ter comido e bebido a comida de Òrúnmìlá. A morte disse que não sabia. Esù respondeu que era responsabilidade da Morte perguntar de quem era à comida e como não perguntou não teria o direito de matar Òrúnmìlá e seus seguidores.
Assim foi que a Morte foi vencida.
Òrúnmìlá mudou este dia para o dia de Ifá, e todos awo teriam que o consultar a cada cinco dias.
A fome não se estabelece na cabeça e sim no estomago para que a consciência possa ser usada.
Foi este quem consultou Ifá para Òrúnmìlá no dia em que a Morte o perseguia.
Mandarão fazer sacrifício e ele fez hoje sua vida é abundante.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Culto Tradicional Yorùbá, vem resgatar nossa cultura milenar, guardada na cabaça do tempo.